quarta-feira, 3 de agosto de 2016

Declaração Tardia


Pode mesmo!? Então lá vai: quando te vi no final do Anima Recife do ano passado esperando o ônibus na parada, eu me interessei por você por ter seios fartos e cara de bonequinha, pois isso fisicamente me atrai. Mas como se aproximar se sou estupidamente tímido? Aí via o tempo passar, você ir embora e eu nunca mais te ver.

Depois de um tempo cozinhando, tive coragem de aproximar com aquela conversa clichê de "perguntando as horas", eu acho, não me lembro... Só sei que foi uma manjada, visto que te cantar eu não teria coragem. Aproveitando a deixa, vi abertura de sua parte e comecei a conversar, ficando assim mais confiante.

O problema é que você falou que iria morar em Campina Grande e isso quebrou o esquema. Até cogitei em pensamento num namoro a distancia dias depois, mas se hoje em dia namoro na mesma cidade já tá difícil, quanto mais de cidades diferentes e longes.

Então com passar do tempo, já com você adicionada por aqui, desencanei porque conhecendo melhor, vi que nós temos ideologias diferentes e provavelmente geraria atrito, e por isso, resolvi ficar só como amigo mesmo.

Dessa experiência eu gostei porque graça ao uma atitude minha, mesmo que sem o êxito inicial, conseguir mudar uma realidade que já aconteceu várias vezes e poderia acontecer novamente contigo: de você ir embora e nunca mais te ver ou encontrar (se bem que na pratica nunca mais te vi, pelo menos fisicamente, ha, ha, ha...) Não digo que isso foi uma "friendzone" porque com o tempo acabei perdendo mesmo o interesse.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores no Google+

Página no Facebook